Débito Automático - Monitorar Recebível Débito Automático - Otimizar a Rotina Financeira


debito-automatico.jpg

 

Débito automático. Você sabe como monitorar o que já recebeu e o que irá receber com o débito automático?

 

Sabe quando resta pouco tempo para você e sua equipe fazer o fechamento mensal da área de contas a receber e mesmo assim verifica que as contas não estão batendo? É nesta hora que começa o estresse, pois para apresentar o resultado correto sua equipe precisa correr contra o relógio.

Um dos principais motivos que levam a esse problema é a dificuldade em acompanhar os recebimentos já efetuados e os que ainda estão programados para entrar na conta. E essa situação pode ocorrer mesmo quando a maioria de seus clientes realiza os pagamentos via débito automático.

Este meio de pagamento é um dos mais seguros e proporciona, ao máximo, a garantia do recebimento dos produtos vendidos ou serviços prestados.

Mas, mesmo assim, apesar de ser um meio extremamente eficiente e seguro não garante 100% o recebimento destes valores, pois sempre pode haver problemas que levam os clientes a atrasarem ou não pagarem suas contas.

Além desse problema citado acima, outro fator que pode também impedir uma perfeita gestão financeira é a dificuldade em visualizar todas as entradas que devem (ou deveriam) acontecer em um determinado período.

Um dos motivos que levam a isso é o fato de que para atender seus clientes as empresas trabalham com diversos bancos e podem receber por todos eles.

Neste caso é de extrema importância contar com uma ferramenta que ofereça facilidades e proporcione uma perfeita gestão financeira. Duas funcionalidades essenciais para esse processo são: a consolidação e a conciliação financeira.

A consolidação é o que proporciona a visão multibancos, pois é capaz de agregar dados de fontes diversas. Desta forma, a equipe consegue ter acesso a informações de extratos e bancos diferentes para facilitar a visualização e gestão das contas a receber por débito automático.

Entre as funcionalidades da consolidação estão:

  • A disponibilização de relatórios e arquivos em um único portal;
  • A gestão diária das informações de forma detalhada;
  • A possibilidade de obter detalhes dos pagamentos recebidos por bancos ou agente arrecadador;
  • A possibilidade de acompanhar tarifas praticadas pela prestação de serviço;
  • A oportunidade de obter dados de totalizador diário e mensal que ajudam a compor o fluxo financeiro (ex: data, valor, dia, valor acumulado) separados por forma de recebimento;
  • O fornecimento de totalizador diário e mensal de tarifas cobradas pelo banco (quantidade de pagamentos, valor unitário da tarifa, valor da tarifa por forma de recebimento);
  • A possibilidade de visualizar relatórios financeiros (em formato analítico, gerencial e totalizador) gerados todos os dias, com as movimentações dos dias anteriores.

Já quando falamos em conciliação estamos tratando de uma das mais importantes práticas de controle financeiro. É a partir da conciliação bancária que as possíveis inconsistências são percebidas.

Por meio da conciliação que se faz a comparação entre as regras de cada cliente e os levantamentos nos extratos bancários. E é neste processo que se torna possível visualizar as entradas (em débito automático) efetuadas e as que deveriam, mas ainda não aparecem no extrato.

Entre as funcionalidades do sistema de conciliação estão:

  • A disponibilização de relatórios gerenciais com “mensagens de retorno por ocorrência”, “posição consolidada de remessas e retornos”, e “previsão de recebimento”;
  • A análise detalhada de lote por meio de filtros de pesquisas;
  • O detalhamento de registros conciliados.

 

Essas ferramentas tornam o processo de gestão mais rápido e eficaz e possibilita mais flexibilidade para a equipe dedicar tempo para outras ações.

 

Acesse aqui e conheça as ferramentas que podem mudar a rotina de sua equipe financeira.

 

 

Quero mais informações sobre soluções financeiras

Preencha o formulário que nós entraremos em contato.

Inscreva-se na newsletter

Informações sobre o mundo da conectividade financeira