Registro de boletos: saiba como as tecnologias podem ajudá-lo a seguir as novas regras


 

terceiro-setembro

Apesar do uso crescente do cartão de crédito para pagamentos, o boleto bancário ainda é a modalidade de cobrança mais utilizada pelas empresas no Brasil, especialmente pela liquidez, já que recebem o valor em até dois dias úteis após o pagamento – contra, em média, 10 dias no caso de pagamentos em cartão de crédito. No caso de compras online, os boletos também são considerados mais seguros.

Para garantir essa segurança, a Febraban, em sua Nova Plataforma de Cobrança (NPC), alterou as regras para emissão e registro de boletos, exigindo mais atenção de quem os gera – mais dados dos clientes – e isso impacta diretamente no dia a dia das empresas.

As novas regras
A plataforma exige que uma atenção maior das empresas com os dados de seus clientes.

É obrigatório incluir:

  • CPF ou CNPJ do emissor
  • Data de vencimento do boleto
  • Valor
  • Nome, CPF ou CNPJ do pagador

Se algum desses dados não coincidir com os que foram registrados no NPC, o boleto será recusado. O foco é verificar a autenticidade dos documentos e evitar falsificação.

Registro
Todos os boletos, obrigatoriamente, precisam ser registrados no sistema do banco e qualquer alteração ou, até mesmo, cancelamento precisa ser feito via banco. Dessa forma, fica mais fácil protestar um sacado por falta de pagamento. Outro benefício é ter facilidade na hora de identificar o pagamento (quem pagou, quando foi pago e o que foi pago)

Boletos para pagamento de doações e faturas de cartões de créditos
Esses boletos têm como característica permitir que o próprio pagador informe o valor a ser pago. Esse foi um ponto de maior complexidade para a Febraban. Nesses casos, o emissor deve informar a modalidade de pagamento quando o serviço for contratado junto ao banco. Com essas informações, a instituição pode determinar a faixa de valores que atenda a necessidade do cliente.

Débito Direto Autorizado (DDA)
Apesar de ser parecido com o débito automático, o DDA funciona de forma diferente. Nele, o cliente que opta pelo serviço deve se cadastrar junto à instituição que trabalha e, a partir disso, passa a receber todos os boletos digitalmente. Para a empresa, os procedimentos são os mesmos para envio do boleto de forma tradicional.

Benefícios
O objetivo da Febraban foi proporcionar maior transparência e segurança ao mercado de pagamentos, mas, para as empresas, os benefícios vão além disso. Além de facilitar a emissão dos boletos, com o uso de uma solução de Gestão de Cobrança Bancária, também é possível automatizar todo o processo de cobrança, substituindo os boletos físicos e possibilitando a geração e envio de cobrança e uma melhor gestão da carteira.

Integrando a solução de gestão de cobrança a uma ferramenta de gestão financeira também é possível vincular os boletos gerados ao fluxo de caixa, estoque, setores de compras e vendas e melhorar a gestão financeira da empresa, com um controle maior de prazos de recebimentos e valores em aberto a receber de clientes.

Gestão de Cobrança Bancária
Apesar de já existir ferramentas que digitalizam os processos de cobrança, muitas empresas ainda emitem boletos de forma manual. Esse processo é fadado a erros de digitação e dificulta o monitoramento dos boletos já emitidos. A falta de processos automatizados impede um controle mais eficiente sobre o que já foi pago ou não.

Hoje, é impossível falar em otimização da gestão de cobrança e aumento da produtividade sem o uso da tecnologia. Uma solução de gestão de cobrança bancária garante a praticidade, velocidade e confiabilidade das informações enviadas para o NPC.

O Access Collect, solução da Accestage para Gestão de Cobrança Bancária, está totalmente de acordo com as regras da Nova Plataforma de Cobrança da Febraban e também permite esse monitoramento e, ainda, que se enxergue se os boletos foram acessados pelo pagador. A solução, ainda, contribui para que a empresa tome ações preventivas para evitar problemas com a falta de pagamentos e também permite:

  • Redução de custos com correio ou gráfica
  • Monitoramento dos boletos, possibilitando a ação de cobrança preventiva
  • Visão multibanco da carteira de cobrança
  • Emissão de 2ª via dos boletos pelos beneficiários ou pagadores com recálculo automático de juros
  • Parceria com mais de 80 bancos no país

Quer mais informações sobre o Access Collect? Entre em contato e solicite uma proposta.

Quero mais informações sobre soluções financeiras

Preencha o formulário que nós entraremos em contato.

Inscreva-se na newsletter

Informações sobre o mundo da conectividade financeira